Castanhal, vamos ser solidários! Ajude com donativos para o abrigo de enfrentamento ao coronavírus


Conforme anunciado, a Prefeitura de Castanhal transformou o Ginásio Loiola Passarinho no ponto de acolhimento às pessoas em situação de rua para o enfrentamento ao coronavírus.

A acolhida às pessoas em situação de rua no ginásio deve começar segunda-feira, 06 de abril. Na chegada eles devem passar por uma triagem da saúde, acompanhamento clínico e exames médicos.

Logo após cada um deve assinar a proposta manifestando está de acordo com as normas, direitos, deveres e cumprimento de horários e higiene pessoal.

Doações de roupas, lençóis, travesseiros e toalhas podem ser feitas na Semas, Guarda Civil ou no próprio ginásio Loiola Passarinho.

A Prefeitura convida a todos os interessados em participar da campanha de doação para medidas de proteção das pessoas em situação de rua enfrentamento ao coronavírus.

Quem quiser pode contribuir com os itens:
– Alimentos, Materiais de higiene pessoal, materiais de limpeza, colchão, agasalhos, toalhas, etc.
(novos ou em bom estado)

Os pontos de entrega são: Semas, Cras, Creas e demais órgãos municipais.

Coleta em domicílio ligue:
(91) 98733-2225/ 98733-2131

 

ENTENDA COMO VAI FUNCIONAR

Um Comitê, envolvendo todas as secretarias municipais, está à frente para trabalhar de forma conjunta e coordenada na execução do plano emergencial de abrigo às pessoas em situação de rua. Já foi definido o cronograma de rotina dos abrigados, escala dos servidores, programação alimentar e as atribuições de cada Secretaria.

Além da disponibilização do ginásio a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) está programando diversas atividades de lazer aos abrigados durante a Quarentena. “Eles terão momentos divertidos e lúdicos. Professores e auxiliares estão preparando diversas atividades para que eles não caiam na monotonia”, afirmou o professor Neto Dantas.

O Tiro de Guerra, parceiro da açã, tem trabalhado na recepção das doações que chegam a todo instante.

“São 50 homens que trabalham voluntariamente em regime de escala, catalogando e registrando a chegada dos donativos, para que se tenha o controle de tudo. Além de oferecer assistência do exército” disse o Sub.Ten. Marcelo, Comandante do Tiro de Guerra em Castanhal.

Os serviços serão coordenados pelas secretarias municipais integradas, em parceria com a Defesa Civil, Guarda Civil, Tiro de Guerra, Cruz Vermelha e o apoio da Polícia Militar.

(Texto: Berna Lameira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *